sábado, junho 07, 2008

Pumpernickel Bread

Eu adoro pães integrais, não apenas por serem mais saudáveis, mas também porque acho que eles dão um sabor todo especial aos sanduíches. Quando vi a foto e a receita deste Pumpernickel no Flickr, decidi fazê-lo na hora! O Pumpernickel é um pão de origem alemã, que adquire uma cor escura por ser assado lentamente, e seu preparo pode levar até 24 horas.

Esta receita é a versão americana do Pumpernickel, cuja cor se deve à adição de cacau em pó e melado. Eu li que o sabor do Pumpernickel vendido nos Estados Unidos é bem diferente do original alemão, que eu nunca provei. De qualquer forma, é um pão super saboroso, adocicado e perfeito para fazer canapés ou sanduíches. O meu favorito leva fatias de presunto defumado (Tender) e mostarda!


Pão Pumpernickel

1 1/8 xícara de água morna

1 1/2 colher (sopa) de óleo

1/3 xícara de melado

3 colheres (sopa) de cacau em pó

1 1/2 colher (chá) de sal

1 1/2 xícara de farinha de trigo

1 xícara de farinha de centeio

1 xícara de farinha de trigo integral

2 1/2 colher (chá) de fermento biológico seco


Coloque todos os ingredientes na ordem sugerida pelo fabricante de sua máquina de pão, e ligue no ciclo "pão integral" (whole wheat).

32 comentários:

Elvira disse...

Só conheço o original alemão, e gosto muito. Esse com sabor adocicado deve ser ainda melhor. :-)

Beijos.

risonha disse...

hummmmmmmmm.......... mais uma receita deliciosa para a minha máquina de pão.
beijos

Nereime disse...

Que demais esse pãozinho, será que eu consigo preparar sem a máquina???
beijão

Laurinha disse...

Oba! Vou experimentar!
Não conheço nenhuma das versões...

Beijinhos,

Denisa Baltazar disse...

Que bonito que ficou. É semelhante ao pãozinho que servem no OUTBACK como entrada de todos os pratos.
E ká pra nós, é um sonho aquele pãozinho.
Tem alguma semelhança com o sabor e textura ou só se assemelham na aparência?

Akemi disse...

Querida Cinara, que saudades! Seus pães como sempre arrasam! Também adoro pães integrais e este aqui já está no top da minha lista! Bjs e bom final de semana!

Mari disse...

Que pão com a cor linda!
Beijos!

laila disse...

humm cor, textura e sabores tudo está perfeito!! bjs

Marcia disse...

Eu só conheço o alemão (que é muito bom); esse deve ser ótimo tb! Toda vez que passo por aqui fico com fome, Ci! Bj

Sandra disse...

Que aspecto delicioso. sabes, tenho andado indecisa na compra da máquina de pão. Diz me a qualidade do pão é mesmo boa?
Beijinho
Sandra

Axly disse...

Olá Cinara!
Eu também gosto de pães mais adocicados pra fazer sanduiches e canapés, dá um sabor super especial^^
Eu sou doida por uma máquina dessas, um dia eu compro! Huahuahuahuahua...
Agora me diz uma coisa, o que você passou nessa fatia? Fiquei muito curiosa^^
Kisss!

Luciana Macêdo disse...

Para mim este pão é uma deliciosa novidade. Adoro pão, não só comer mas também fazer.
Bjs!

Eliana Scaramal disse...

Que fantástico esse pão, e ainda feito na máquina essa eu não vou perder. hehe

Larissa disse...

Ainda não tenho minha máquina! buááááááááá

Patricia Scarpin disse...

Receitas novas de pão são sempre bem-vindas, Ci - o seu filão está lindo!

Luciana disse...

Também gosto muito de pães integrais, e o teu ficou lindão com uma cor muito legal.
Bjos, Lú.

Elaine disse...

Cinara,

O pão tem um cor linda! E acredito que o sabor tb não deixe a desejar.
Adorei a dica!

bjo.
Elaine

Cinara disse...

Elvira, eu li que o pumpernickel alemão é de difícil digestão, ao contrário desta versão americana, que é bem mais leve. Mas ainda hei de provar o original!

Risonha, como esta é uma receita criada especificamente para a máquina, a textura fica maravilhosa! ;o)

Nereime, teoricamente, fazer na máquina de pão ou na mão seria a mesma coisa, mas pela minha experiência, acho mais fácil pegar uma receita de fazer mão e adaptá-la à máquina do que ao contrário... Mas para quem tem experiência com pães, e conhece o ponto certo da massa, qualquer receita fica boa feita por qualquer processo!

Laurinha, eu ainda preciso experimentar o alemão para poder comparar... ;o)

Denisa, eu também faço o pão do Outback em casa, mas este aqui só é visualmente parecido. O sabor e a textura são totalmente diferentes. O pão do Outback é mais fofinho e úmido, este aqui é mais para o seco, embora também seja macio. Caso você ainda não tenha visto, clique aqui para ver a minha receita do pão australiano!

Akemi, também estou com saudades, amiga! Sei que ando sumida... Preciso ir conferir suas delícias também!

Mari, ele fica bonitão, não fica?

Laila, meu filho achou que era pão de chocolate... :o)

Marcia, agora fiquei curiosa para provar o pumpernickel alemão! Vou ver se acho lá nos EUA... ;o)

Sandra, a qualidade do pão feito na máquina é ótima. O único porém é que os pães ficam com muito miolo e pouca casca. Mas você pode usar a máquina apenas para fazer o "trabalho pesado", e depois você mesma modela os pães e leva ao forno convencional. É isso que a minha mãe faz, já que ela prefere pãezinhos pequenos!

Axly, e os canapés ficam bonitos com um pão escuro, não ficam? Quanto à fatia da foto, eu passei requeijão light! Combinou super bem com o pão adocicado... ;o)

Luciana, como aqui também adoramos pão, a máquina tem me ajudado bastante nesta fase em que estou sem tempo para nada... E fica sem pão não dá, certo? ;o)

Eliana, mais fácil impossível, certo, amiga?

Larissa, se você gosta de pães, deveria pensar em comprar uma máquina, sim... Mas se você tem tempo e gosta de fazer pães à mão, aí eu acho que a máquina é dispensável!

Paty, obrigada, amiga! Ainda tenho uma lista *enorme* de receitas de pão para testar... :oP

Luciana, obrigada, querida!

Elaine, o sabor é bem diferente, e por isso mesmo acho que dá um toque todo especial aos sanduíches ou mesmo ao chá da tarde... Torrado também fica ótimo!

Um beijão para vocês, meninas!

Sandra disse...

Só tem miolo... isso é otimo porque cá em casa é a parte do pão de que mais gostamos. obrigada.
beijinho

Goreti disse...

Não conheço nem o alemão nem a adaptação americana...ops...não conhecia, até dar uma passadinha no Cinara's Place, afinal, este é o LUGAR.
Agora vou sair do conhecimento cultura e visual e passar pro gustativo, receita anotada.

Beijos!!!

Donna Dani disse...

CINARAaAa, estava louca por esta receita e obrigada!
Bjks

Agdah disse...

Só a cor desse pão é fascinante. Mas, menina, que canequinha mais charmosa...

Magia na Cozinha disse...

Ficou lindo! Super fofo. Em geral não compro deste pão, mas já provei e achei muito gostoso. Boa opção!
Bjs :)

Cinara disse...

Sandra, se é do miolo que vocês gostam, você *precisa* ter uma máquina de pão! Os pães que saem dela são miolo puro! Eu já gosto de uma casquinha, por isso às vezes uso a máquina apenas para sovar a massa, e depois modelo pãezinhos menores e asso no forno!

Goreti, você é das minhas: adora experimentar coisas novas! E graças a tantos blogs maravilhosos, eu também tenho aprendido muitas novidades... ;o)

Donna Dani, jura que você estava querendo fazer um pumpernickel?? Que coincidência! Depois me conte se gostou, OK? ;o)

Agdah, essa caneca é meu xodó mesmo... E ela ainda tem um coador e uma tampinha muito fofos! :o)

Cláudia, como eu *adoro* tudo quanto é tipo de pão, costumo variar bastante mesmo. Atualmente estou apaixonada por um de 7 grãos, que compro no supermercado mesmo. Gostoso e saudável!

Beijinhos, queridas!

katia disse...

Vou estreiar minha maquina com Vc..... pessoas especiais , merecem momentos especiais , já que vc ajuda tanta gente a se deliciar com suas receitas ..^.^ Te conto depois as novidades....
Abraços ..;)

Cinara disse...

Obrigada pelas palavras carinhosas, Katia!! Espero que seu primeiro pão fique perfeito! Caso não fique, não desista, viu? A prática leva à perfeição! E não deixe de me contar tudo mesmo, OK? ;o)
Beijos e bom final de semana!

Cláudia disse...

Cinara, obrigada por mais uma receita de pão na máquina. Adorei este, lembra o australiano, mas com as farinhas integrais de trigo e centeio deve ficar ótimo. E no dia a dia eu aproveito para fazer tudo quanto é pão do tipo integral por serem mais saudáveis! (Ah, o seu pão English Muffin Bread especial para máquina está sendo um sucesso aqui).

Cinara disse...

Clau, por mim, eu faria um pão atrás do outro na máquina! O problema é que eu não resisto a um pãozinho, então, já viu... ;o) Estou com uma receita nova para testar em breve, acho que você vai gostar também!
Beijos!

Marta disse...

Essa receita parece ser deliciosa...vou experimentar no fim de semna! bjs

Cinara disse...

Não deixe de me contar como ficou, Marta! ;o)
Beijos!

Manuela © disse...

Acabei de colocar esta receita no meu blog.

Já tinha feito os seus Cinnamon Rolls e agora o Pumpernickel Bread, gostei imenso.

Obrigada pela partilha :)

Bob disse...

Esse não é o pumpernickel. O pumpermickey, talvez... :D Como diria o babysauro: Não é a mamãe! Não é a mamãe!