terça-feira, agosto 19, 2008

Dois filmes sobre comida

Depois de escrever sobre "Tomates Verdes Fritos", fui tomada por um súbito desejo de assistir a filmes sobre comida. Fui à locadora e peguei os dois mais recentes que vi por lá. Eu não diria que são filmes marcantes, nem em relação à história e muito menos no aspecto culinário, mas achei que devia compartilhar com vocês e talvez saber a opinião de quem também os assistiu!

Pelo visto, "Sem Reservas" (No Reservations, 2007) não pretendia ser um grande sucesso de bilheteria, como realmente não foi. Ele mescla doses homogêneas de drama, romance e comédia, mas apesar das boas atuações, acho que tentaram colocar informações demais em 1h40min de filme. É difícil acreditar que a linda Catherine Zeta-Jones seja uma chef de cozinha metódica, mandona e solitária, ainda mais porque o filme não explica por que ela é assim. Só depois de perder a irmã e ser obrigada a criar a sobrinha é que ela acaba mudando e se apaixonando. Um filme totalmente previsível, perfeito para quem não está esperando nada de mais. Eu só gostaria que a parte da culinária tivesse sido mais explorada: para mim, a única parte marcante é quando a menina joga trufas valiosíssimas no lixo, achando que estão estragadas...

Pelo trailer, as pessoas podem pensar que "Garçonete" (Waitress, 2007) é uma comédia romântica, mas é mais fácil chorar do que rir durante este filme. Na minha opinião é um drama com algumas pitadas de humor e romance, ambos um tanto distorcidos... Talvez por causa disso, o filme tenha sido uma agradável surpresa. Apesar do sofrimento da protagonista, Jenna, a trama não é carregada demais, e mostra a vida real, com pessoas reais. As tortas de Jenna que aparecem na abertura são lindas, mas não fiquei com vontade de fazer nenhuma delas. Talvez porque ela as use como metáforas para seus problemas e estados de espírito, e as batize com os nomes mais esdrúxulos que se possa imaginar... De qualquer forma, o filme é muito bem conduzido e tem uma bela mensagem.

Conclusão: Dois filmes sobre comida, mas nenhum deles me deixou com fome ou com vontade de ir para a cozinha!

27 comentários:

Fer Ayer disse...

Cinara...eu vi o primeiro filme e posso dizer que é bonitinho...comédia romântica de sessão da tarde...gostei, mas não amei. O segundo ainda não assisti...quem sabe.
Beijos

Valeria disse...

Cinara
Eu também postei semana passada a respeito do No Reservations e tb
assisti ao outro filme .
A Catherine me surpreendeu no seu papel !!!Uma comédia romântica leve e como diz a Fer bem Sessão da Tarde.
Beijinhos

Magia na Cozinha disse...

Eu não vi nenhum dos dos ainda.
Em geral, vamos mais ao cinema, pois, por incrível que pareça, não temos um DVD player. E assisitir no PC ficaria desconfortável.
É sempre bom ter uma dica de quem já assistiu. Obrigada!
Bjs :)

Laila disse...

Olá, uma sugestão de filme, Big Night com Stanley Tucci e o Tony Shaloub, infelizmente não sei o nome aqui no Brasil, mas tem como torrent para baixar.

Bjs

caosnacozinha disse...

Cinara, eu vi os dois e achei interessantes. Claro que, dentro do tema filme sobre cozinha não são assim uma grande referência. Mas são leves e têm coisas curiosas, como os nomes das pies da Jenna.
Agora, filmes sobre comida mesmo, daqueles obrigatórios, ainda não vi um que bata o "Como água para chocolate". O livro é melhor, mas o filme é bem interessante.
E tenho aqui outros para ver, que li serem sobre o tema: "Tampopo", "Eat, drink, man, woman" e a versão original do "No Reservations".

Beijo *
Mariana

Clumbsy Cookie disse...

Eu também vi o primeiro e achei a mesma coisa!

Mônica disse...

É impressinante como um filme nos inspira, eu então, adoro cinema...vc não ficou com vontade de fazer deliciosos chocolates com aquele filme "Chocolat" com a Juliette Binoche e Johnny Depp? Hummmmmmmmmm! Eu fico de olho nas casa, na decoração, adoro! Um dia "copiei" uma guirlanda naquele filme que acho lindo: "Flores de aço" com a Sally Field. Que pena que os dois não te inspiraram, mas valeu como dica pra quem ainda não assistiu, como eu...:-)
Querida, muito obrigada pelas lindas palavras como sempre; espero sua visita sempre que quiser aparecer, ok?
BEIJOS e um lindo restinho de semana!
Môni.

Mine disse...

Cinara,
Nunca vi nenhum dos dois, mas assisti á um outro que não me recordo o nome, mas bem legal. É a história de uma moça que trabalha como cozinheira, mas que não cozinha nada bem. De repente ela põe os brincos da avó [ou da mãe, não lembro] e começa a fazer maravilhas, de forma que de acordo com o que ela ta sentindo quem come o que ela faz se sente do mesmo jeito que ela. No final ela descobre que a 'magia' estava dentro dela, e o filme é pra lá de delicioso, com receitas que te dão vontade de atacar a TV... É uma comédia romântica divertida, bem Sessão da Tarde e 'saborosa' hehehe
Pena eu não lembrar o nome...
Beijos!

Luciana Macêdo disse...

Assisti o primeiro, e é bom para passar o tempo, sem compromisso.
Ia indicar o Big Night, mas a Laila já indicou. Outro pra assistir é Como Água para Chocolate, é espanhol, não adorei, mas é outro que dá para assistir.
Bjs!

Cris disse...

Ci:

Não se fazem mais filmes como "Tomates Verdes Fritos", né? Eu vi o filme da Zeta-Jones e acho que ele é passável para uma Sessão da Tarede e só.

Bjs,

Cris

Carla disse...

Oi, vc já assistiu "A Festa de Bebette"? Eu ainda não vi, mas me contaram que é sobre uma cozinheira e me pareceu bem interessante. Sou nova nesse universo dos blogs e já coloquei o seu como um dos meus favoritos.
Parabéns.bjs

Carla disse...

Oi, vc já assistiu "A Festa de Bebette"? Eu ainda não vi, mas me contaram que é sobre uma cozinheira e me pareceu bem interessante. Sou nova nesse universo dos blogs e já coloquei o seu como um dos meus favoritos.
Parabéns.bjs

Miriam disse...

Cinara, você chegou a ver o "Simplesmente Marta", o filme original alemão? O roteiro é basicamente o mesmo, mas os atores são muito melhores. Apesar de gostar dos três atores americanos, acho que eles não convencem nos papéis, os chefs são lindos demais para serem de verdade e a menina é uma fofa, mesmo fazendo papel de chatinha. Ela parece mais triste do que menina-problema (como é a alemã). Além disso, o ênfase na comida está presente no europeu, a abertura é uma loucura. Eu fiquei pausando e voltando as melhores partes!

Quanto à festa de Babette, eu vi recentemente e gostei muito. Em termos de roteiro eu fiquei um pouco decepcionada, já que sempre ouvi falar deste filme. Mas o banquete é o máximo!

Beijos e bom filmes!

Luísa disse...

Oi Cinara, logo que li o post lembrei de um filme que fala sobre comida que me lembro de ter gostado, e depois de ler os comentários vi que a Mine comentou sobre ele mas não lembrava o nome. Também é comédia romântica, mas fala muito sobre a arte de cozinhar e dos sentimentos envolvidos nisso... quem sabe vc já não viu, pq é um filme antigo, mas se não viu vale a pena dar uma olhada!

http://en.wikipedia.org/wiki/Simply_Irresistible
Adoro seu blog.. um bejo

Cláudia disse...

Cinara, vou pegar os dois porque ainda não assisti nenhum. Um que eu gostei,comédia romântica, mas com charme, foi um Cozinheiro Americano em Paris/ou na França.(hehe). Você deve até ter legendado, quem sabe?
Outros legais são "Como água para Chocolate"(se passa no México - uma obra prima) e o famoso "Chocolate" com a Juliette Binoche.
Se lembrar de mais algum, vai nos falando. Eu adoro filme que tem culinária junto. Ah, outro ótimo e famoso é a Festa de Babette que todo mundo conhece.

bjs

Anônimo disse...

Oi Cinara,
Vi apenas o primeiro filme (adoro comédias românticas), e já anotei a dica do segundo... :)
"Sem reservas" também não me inspirou, ou despertou curiosidade - como "Tomate Verdes Fritos" fez - mas foi gostoso de ver, junto com a filhota e o marido.
Assim como você, também adoro filmes que têm a culinária como tema, mas de fato, não são todos que nos deixam inspiradas...
Ah, e esta semana, se achar tomates verdinhos e bonitos como os teus, vou experimentar a receita dos tomates verdes fritos... considerando q todos em casa adoram beringela empanada, e adoram tomate... acho q os tomatinhos empanados vão fazer sucesso! Depois te conto! ;)
Super beijo

Mari

Sylvia disse...

O problema do sem reserva é que é uma refilmagem do alemao Bella Martha de 2001.A Catharine Zeta Jones, como vc diz ,realmente nao convence . No filme Martha é uma top chef que esta envelhecendo e se encontra com um chef italiano. Imagina o choque entre a cultura teutonica de Martha com o novo chef italiano...Tem situacoes maravilhosas Mais que um remake,o sem reservas, me deixou com a sensacao de ser um half baked movie
Beijos

Ana disse...

Ci, eu vi o primeiro filme, da Zeta Jones, e apesar de ter achado legalzinho sinceramente ela nao me convenceu como chefe. Mesmo sendo uma boa atriz achei q ela nao tinha um espirito culinario sabe, alias, duvido q ela cozinhe muito, rs!
Quando vc conversa com alguem que gosta de comida vc sente uma certa avidez em falar sobre a comida, e achei q a Zeta-Jones nao soube passar um tom de paixao pela culinaria. Mas como eu disse, eu ate q gostei do filme! (q alias eh um Remake, sabia? Acho q o original se chamava "simplesmente marta", ou algo assim)
Ah, e falando de filme sobre comida, vc chegou a assistir aquele brasileiro chamado "Estomago"?
Eu queria ver quando estive ai no Brasil mas acabou passando e nao dando tempo. Nao sei como eh a historia, mas ja li comentarios bons sobre o filme.
Beijos!
Ana

Cinara disse...

Fer, acho que eu estava esperando muito do "Sem Reservas", por isso me decepcionei... Já de "Garçonete" eu não esperava nada, e o filme me surpreendeu! ;o)

Valeria, que coincidência postarmos sobre o mesmo filme! Embora não seja "levinho" como o "Sem Reservas", eu achei o "Garçonete" mais interessante e imprevisível...

Cláudia, o "Sem Reservas" chegou a passar no cinema por aqui, mas acho que "Garçonete" só saiu em DVD. Eu só vou ao cinema para assistir a filmes infantis... :o)

Laila, o Big Night (A Grande Noite) também já está na minha lista! Eu li a sinopse e achei muito interessante! Vou pegar no DVD e depois coloco minhas "impressões" aqui... Obrigada pela dica!

Mariana, eu assisti "Como Água para Chocolate" há muito tempo, e não me lembro bem, mas me lembro que gostei! Preciso ver de novo, porque certamente agora eu o verei "com outros olhos"... Também quero ver os filmes da sua lista, só nunca ouvi falar do Tampopo. Vou pesquisar! ;o)

Clumbsy Cookie, se decidir ver o segundo, pode ter certeza de que será bem diferente! ;o)

Môni, "Chocolate" é muito bom mesmo, eu também gostei! E mesmo depois de ter traduzido mais de 500 filmes, eu continuo adorando cinema e me divertindo muito com os filmes! :o)

Mine, será que você não descobre o nome do filme para mim? Agora você me deixou curiosa, e eu nunca ouvi falar de nenhum filme com essa história! Se você se lembrar de onde assistiu, se foi na TV a cabo ou em DVD, talvez já ajude!

Luciana, obrigada pelas dicas! Vou assistir ao Big Night e pretendo rever o "Como Água para Chocolate"!

Cris, eu fiquei decepcionada principalmente porque esperava mais da parte "culinária" do filme... Mas como você disse, como passatempo é OK.

Carla, esse é o próximo que eu pretendo assistir! Todo mundo falar super bem dele, que é imperdível, etc. Obrigada pela dica! ;o)

Miriam, eu também gosto de conferir as duas versões de um filme, quando é possível. Você me deixou ainda mais animada para ver o original! E estou com grandes expectativas em relação ao Festa de Babette... Vamos ver! ;o)

Luísa, eu pedi para a Mine arrumar o título do filme para mim, e só agora vi que você colocou um link aqui! Por incrível que pareça, o título em português ficou igual ao original: "Simplesmente Irresistível". Muito obrigada, vou colocar já na minha lista! ;o)

Cláudia, esse "Cozinheiro Americano" eu não conheço!! Acho que nunca traduzi um filme que tivesse comida como tema... Mas vou colocá-lo na minha lista com certeza. Obrigada pela dica!

Mari, já estou com uma bela lista de filmes sobre comida para assistir, pode deixar que vou colocando as dicas aqui à medida que eu for assistindo! E não deixe de me contar se fizer os tomates verdes fritos, OK? Espero que vocês gostem! ;o)

Sylvia, você disse tudo: "half baked movie" é a descrição perfeita para o "Sem Reservas"! Parece que ficou faltando alguma coisa, não é? Mas vou ver o original nem falta!

Ana, muito bem observado: a Zeta-Jones não tem espírito culinário! E tenho certeza absoluta que é mais fácil o Michael Douglas cozinhar em casa do que ela... :oD Pretendo assistir ao filme original em breve! Quanto ao filme "Estômago", realmente foi bastante elogiado por aqui. Mas quando li que grande parte da história se passa dentro de uma cela de cadeia, e que o slogan do filme é "uma fábula nada infantil sobre poder, sexo e culinária", confesso que perdi o interesse... Não que o filme não possa ser bom, mas acho que deve se enquadrar em uma outra categoria!

Um beijão e um super final de semana para vocês!

Bia disse...

o segundo eu não vi... vi o Sem Reservas e o Simplesmente Martha (a versão alemã e original do filme).

Mais uns filmes lindos sobre comida, além dos maravilhosos citados A festa de Babete e Chocolate. Segue a sugestão de Vatel, um banquete para o Rei e o Sabor da Vida. Ambos valem MUITO a pena.

Cinara disse...

Obrigada pelas dicas, Bia!! Vatel já estava na minha lista, pois sou fã do Gerard Depardieu, mas o Sabor da Vida eu não conheço... Vou procurar com certeza! ;o)
Beijos e uma ótima semana para você!

lunalestrie disse...

Ci, por incrível que pareça só vi o Waitress. E gostei muito. É um roteiro diferente e gosto das atuações. O filme tem um gosto meio amargo pois a roteirista/diretora (que faz uma das garçonetes) foi assassinada antes do filme ser lançado, muito triste. A menininha no final era filha dela, se não me engano. Já esse outro não vi ainda por puro preconceito, achei que seria bobo e sem graça e pelos comentários aqui parece que é mesmo, rs. Bj!

Cinara disse...

Lu, eu também fiquei sabendo que da morte da diretora, e até pensei em comentar no post, mas como você disse, esse fato deixa o filme ainda mais triste... A menininha que aparece no final é a filha dela, sim. Nos extras tem entrevistas com os atores, falando sobre a diretora. É comovente! Quanto ao "Sem Reservas", acho que você não perdeu nada... Quando passar na TV você assiste para tirar a dúvida, caso não tenha nada melhor para fazer! :oP
Beijão, amiga!

Miriam disse...

Cinara, vi o segundo filme, eh como vc disse um pouco triste..da vontade de pegar aquele cara e encher de tapas...mas as tortas tem uma cara maravilhosa....

Cinara disse...

Miriam, eu senti o mesmo que você: vontade de socar aquele sujeito! E ela aceitava tudo quieta, né? Mas adorei quando ela mandou ele passear de uma vez por todas! :oD
Beijos!

Irma disse...

Querida Cinara
Não deixe aos maravilhosos filmes "Como água para chocolate" e "A festa de Babete". Ainda não vi nada mais inspirador. Parabéns pelo blog.

Cinara disse...

Olá, Irma! "Como Água para Chocolate" eu já assisti e adorei, mas ainda não consegui ver "A Festa de Babete"... Está na lista das minhas prioridades! ;o)
Beijos e obrigada pelas dicas!