quarta-feira, outubro 29, 2008

Cinara's Place na Revista A+

A edição deste mês da revista A+ Magazine, de Boituva (outra cidade do interior de São Paulo que fica a 95km de Campinas), traz uma matéria sobre a alcachofra, e a receita escolhida para ilustrá-la foi a de Batatinhas Recheadas com Alcachofra, que eu publiquei aqui no Cinara's Place em abril deste ano. A Camila, redatora e jornalista responsável pela revista, entrou em contato comigo em setembro, pedindo para publicar a minha receita e a minha foto. Ao contrário de algumas pessoas, que copiam o conteúdo dos blogs sem permissão, ela foi muito educada, simpática e teve a atitude ética de solicitar o meu material antes de publicá-lo. Eu fiquei muito lisonjeada, e é claro que concordei. É sempre uma honra ver o Cinara's Place citado em publicações de qualidade!

quarta-feira, outubro 22, 2008

Challah Bread

Como vocês podem perceber pela falta de atualização do blog, o meu tempo anda escasso. Tão escasso que não tenho conseguido fazer nada novo na cozinha... O que tenho feito é recorrer às receitas já testadas e aprovadas, que darão certo com certeza. E desde que descobri o pão judaico Challah (pronuncia-se "ralá"), não tenho feito outro! O Challah tradicional é trançado ou moldado em forma de espiral, e é servido às sextas-feiras durante o Shabat. Contrariando a tradição, mais uma vez devido à falta de tempo, eu segui a sugestão da Kristen e assei em uma fôrma de bolo inglês. Dessa forma, ele fica ridiculamente fácil de fazer, muito fofo, saboroso e bonitão!


Pão Challah para Máquina de Pão

3/4 xícara de água morna

1 ovo grande

3 colheres (sopa) de margarina picada

3 xícaras de farinha especial para pão

4 colheres (sopa) de açúcar

1 1/4 colher (chá) de sal

2 colheres (chá) de fermento biológico seco

Coloque os ingredientes na máquina de pão de acordo com a orientação do fabricante. Ligue a máquina no ciclo "Massa" (Dough). Quando o ciclo tiver terminado, tire a massa da máquina e coloque-a em uma fôrma de bolo inglês levemente untada. Cubra e deixe crescer em um local quentinho durante 30 minutos. Leve ao forno pré-aquecido a 180° C e asse por 30 minutos, ou até dourar e ao bater na superfície do pão ele soar oco.

terça-feira, outubro 07, 2008

Dark Chocolate Muffins

Eu nunca havia comprado e nem utilizado chocolates especiais para cozinhar, mas quando ganhei este *maravilhoso* chocolate Callebaut do meu amigo Vitor Hugo, compreendi por que essa marca é tão reverenciada por quem entende de chocolate! Comecei então a fazer uma listinha de receitas que levavam chocolate amargo, pois um chocolate dessa qualidade não pode ser usado em qualquer receita, certo? Minha intenção era fazer primeiro um cookie da Nigella, mas como meu filho estava me pedindo muffins de chocolate havia dias, decidi testar esta receita em vez dos Chocolate Chocolate-Chip Muffins que eu faço sempre. E como todas as receitas da Niki que eu já testei, o resultado foi excelente: muffins fofinhos, com um sabor marcante de chocolate, e que não são doces demais!


Muffins de Chocolate Amargo

140g de chocolate amargo, picado

1/2 xícara de manteiga

2 xícaras de farinha de trigo

1/2 xícara de açúcar mascavo

2 colheres (chá) de fermento em pó

1/2 colher (chá) de sal

2 ovos grandes

2/3 xícara de buttermilk

1 colher (chá) de extrato de baunilha

Pré-aqueça o forno a 180° C. Unte 12 forminhas de muffins, ou forre-as com forminhas de papel. Em uma tigela pequena, derreta no microondas a manteiga junto com o chocolate amargo picado. Aqueça-os em intervalos de 30 segundos, mexendo freqüentemente até ficar liso. Deixe esfriar. Em uma tigela grande, misture a farinha, o açúcar, o fermento e o sal. Faça um buraco no meio e acrescente os ovos, o buttermilk e o extrato de baunilha. Com uma colher ou fouet, misture até a massa ficar homogênea. Adicione a mistura de chocolate derretido, até incorporar tudo. Asse de 15 a 18 minutos, fazendo o teste do palito. Deixe os muffins esfriarem sobre uma grade, e guarde-os em um recipiente hermeticamente fechado.

quarta-feira, outubro 01, 2008

Cinnamon Apple Bread Pudding

Desde que enumerei algumas de minhas manias no post "Eu sou normal!", eu me sinto mais à vontade para falar das minhas esquisitices. E uma delas é o preconceito que eu tenho em relação às extremidades do pão de fôrma. A primeira fatia sempre fica lá, enquanto eu vou tirando a segunda, a terceira... E no final, sobram as duas "cascas" do pão, a primeira e a última. Eu não como de jeito nenhum! Ou melhor, não comia. Agora descobri uma utilidade para as cascas rejeitadas: fazer bread pudding! Como eu adoro o pão de canela e passas da Nutrella, comecei a congelar as duas fatias que sempre sobravam no pacote. Quando enchi um pacote com as cascas, já tinha a "matéria-prima" para fazer esta receita. O melhor é que deixei de me sentir culpada por jogar as cascas fora, pois os pães de fôrma lá em casa agora são 100% aproveitados!


Pudim de Pão Americano

de Maçã e Canela

1 pacote de pão de canela e passas (400g), cortado em cubos (ou qualquer outro pão)

1 litro de leite morno (eu usei semi-desnatado)

3 ovos

1 1/2 xícara de açúcar

3 colheres (sopa) de manteiga derretida

2 colheres (sopa) de extrato de baunilha

1 colher (chá) de canela em pó

1/2 xícara de uvas-passas (se utilizar pão sem passas)

4 maçãs pequenas, descascadas e picadas

Pré-aqueça o forno a 180° C. Unte uma assadeira ou refratário de 33cm x 22cm x 5cm. Em uma tigela grande, coloque o pão e o leite, e deixe absorvendo por 10 minutos. Em outra tigela, misture os ingredientes restantes e misture bem. Adicione ao pão com leite e misture. Derrame na assadeira untada e asse por 50 minutos, ou até o centro estar firme. Sirva morno ou em temperatura ambiente. Também fica ótimo com sorvete de creme! Rende 10 porções.