segunda-feira, abril 28, 2008

Portuguese Rice Pudding

Na época em que comprei minha panela de pressão nova, fiquei feito doida atrás de receitas diferentes para usá-la. Uma delas foi a de Lombo de Porco Desfiado ao Molho Barbecue, que ficou magnífica! Então, quando vi em outro blog (não me lembro qual!) um comentário da querida Risonha dizendo que fazia arroz doce na panela de pressão, eu logo escrevi para ela pedindo a receita! Já é a terceira vez que faço esta sobremesa, e ela foi aprovada até pela minha mãe, que também faz um arroz doce delicioso... Então, aqui está a minha versão, apenas um pouquinho mais doce que a receita original da Risonha e com um toque de baunilha!


Arroz Doce na Panela de Pressão (Receita Portuguesa)

1 xícara de arroz

2 xícaras de água

1 litro de leite

1 pau de canela

casca de 1 limão

1 pitada de sal

1 colher (sopa) de margarina

DEPOIS DA PRESSÃO:

1 1/2 xícara de açúcar

6 gemas

2 colheres (chá) de extrato de baunilha

(a medida é uma xícara de chá com cerca de 200ml)

Colocar os sete primeiros ingredientes na panela de pressão e levar ao fogo. Quando abrir pressão, diminuir o fogo e contar 3 minutos. Apagar o fogo e deixar em repouso até sair todo o vapor. Abrir a panela e juntar o açúcar e as gemas desfeitas num pouco de leite. Levar ao fogo brando sem parar de mexer, até atingir a consistência desejada. Se achar que está ficando muito seco e se for necessário, juntar um pouco mais de leite. Por último, acrescentar o extrato de baunilha e misturar bem. Polvilhe açúcar e canela por cima, e sirva morno ou frio. (Eu uso só canela e gosto de servir bem gelado!)

domingo, abril 27, 2008

Mimo e Desafio

A minha querida amiga Marcia, do delicioso blog Açúcar e Canela, me indicou a mais um prêmio super fofo, criado pela dona do blog Cozinhar com os Anjos! É claro que eu adorei receber mais este prêmio, ainda mais com um bebezinho tão lindinho na foto! Obrigada, Marcia! Vou exibir este mini-chef com muito orgulho! ;o)

E minha amiga de além-mar, a Kini, das Delícias da Kini, também se lembrou de mim na hora de repassar outro mimo e um desafio! Aqui está um outro bebê super fofo e as minhas respostas estão em seguida. Obrigada pelo carinho, Kini!

1. Não me importo... de ficar trabalhando até altas horas (aliás, adoro!)

2. Não me importo... de passar um dia inteiro cozinhando

3. Não me importo... de sair da dieta para experimentar um prato ou restaurante novo

4. Não me importo... de passar mais tempo na esteira para queimar as calorias extras

5. Não me importo... de dormir mais tarde para responder emails de leitores

6. Não me importo... de testar várias receitas até encontrar a ideal, mas *detesto* quando alguma dá tão errado que preciso jogar tudo fora!

terça-feira, abril 22, 2008

Perfect Pizza Crust

Não é a primeira vez que faço massa de pizza em casa, e nem na máquina de pão, mas todas as receitas que eu testava sempre deixavam a desejar... Por isso, quando vi esta receita no blog da Kristen, tive a certeza de que havia encontrado algo especial! Na verdade, a receita é um "clone" da massa de pizza da marca Boboli, a campeã de vendas nos Estados Unidos. Nós adoramos esta massa, principalmente porque ela é bem temperadinha e fica com uma textura maravilhosa! Como foi a primeira vez que fiz, acabei abrindo pouco e ela ficou grossa demais para o meu gosto, embora tenha ficado perfeita para o meu filho... Na próxima vez, vou abrir mais fininha para render 3 discos médios. E vou variar mais no recheio: desta vez só tinha mussarela e tomate-cereja aqui em casa!


Massa de Pizza Perfeita

(para Máquina de Pão)

1 xícara de água

3 xícaras de farinha de trigo

1 colher (chá) de sal

2 colheres (sopa) de azeite

1 colher (sopa) de açúcar

2 colheres (chá) de fermento biológico seco

1 colher (chá) de alho amassado

2 colheres (chá) de queijo parmesão ralado

1/2 colher (chá) de tempero italiano

Coloque todos os ingredientes na ordem sugerida pelo fabricante de sua máquina de pão, e ligue no ciclo "massa" (dough). Misture o alho aos líquidos, para que ele não atrapalhe a fermentação. Quando o ciclo terminar, retire a massa e abra 2 ou 3 discos de pizza. Pincele-os com azeite, polvilhe parmesão ralado por cima, faça furos na massa com um garfo e deixe-os descansar por cerca 40 minutos. Asse os discos de massa de 5 a 10 minutos em forno pré-aquecido a 220° C, até dourar levemente. Tire do forno, adicione as coberturas de sua preferência e leve de volta ao forno por mais 8 minutos aproximadamente, ou até o queijo derreter.

sexta-feira, abril 18, 2008

De malas prontas

Queridos, pensei que eu ainda teria tempo de publicar uma receita hoje, mas não consegui... Estou saindo de viagem e estarei de volta na próxima terça-feira, depois do feriado prolongado. Prometo responder todos os comentários, dúvidas e emails quanto eu chegar, OK? Um ótimo final de semana para vocês!

Hi, everyone! I am leaving on a four-day trip right now, but I'll be back next Tuesday to answer all your comments and emails, OK? Have a wonderful weekend!

segunda-feira, abril 14, 2008

Parmesan Muffins

Há tempos eu queria fazer uma receita de muffins salgados, e cheguei a ver e anotar algumas receitas maravilhosas em vários blogs. Mas talvez pela simplicidade dos ingredientes, foi esta que me conquistou. O crédito desta receita vai todinho para o Cabeça, um leitor do Cinara's Place que estava atrás de uma receita parecida com a dos muffins de parmesão da rede Starbucks. Ele encontrou esta aqui, e depois de modificar, fazer e aprovar, decidiu compartilhar comigo! Agora é minha vez de compartilhar com vocês, porque eu também a-d-o-r-e-i... Valeu, Cabeça! ;o)


Muffins de Parmesão

2 xícaras de farinha de trigo

1 colher (sopa) de açúcar

1 1/2 colher (chá) de fermento em pó

1/2 colher (chá) de bicarbonato

1/2 colher (chá) de orégano

1/4 xícara de queijo Parmesão fresco, ralado

1 1/4 xícara de buttermilk

1/4 xícara de manteiga ou margarina, derretida

1 ovo grande

Queijo ralado para polvilhar

Em uma tigela grande, misture a farinha, o açúcar, o fermento, o bicarbonato, o orégano e o Parmesão ralado, misturando bem. Acrescente o buttermilk, a manteiga derretida e o ovo. Misture apenas até incorporar. Divida a massa entre 12 forminhas de muffins, enchendo 2/3 da capacidade, e polvilhe queijo ralado por cima. Asse em forno pré-aquecido a 200° C durante 15 minutos, ou até dourar.

Observações:

* Como eu queria usar mais queijo do que a receita pedia -- porque *amo* Parmesão -- eu reduzi a farinha para 1 3/4 xícara e usei 1/2 xícara de Parmesão em lascas.

* Eu acrescentei ainda 1/2 colher (chá) de uma mistura de cebola, alho e salsa desidratados, que eu sempre tenho em casa. Só porque gosto de "reforçar" o tempero!

* Não usei forminhas de papel desta vez, porque eu queria que os muffins ficassem crocantes por fora e macios por dentro. Eu apenas untei as fôrmas de muffins de metal, e eles ficaram do jeitinho que eu queria!

sábado, abril 12, 2008

Mercadão de Campinas faz 100 anos

O Mercado Municipal de Campinas, mais conhecido como "Mercadão", comemora hoje 100 anos com uma série de eventos artísticos e culturais. Localizado na Praça Carlos Botelho, na região central de Campinas, o Mercadão foi inaugurado em 12 de abril de 1908 pelo prefeito Orosimbo Maia. Pelo local passava na época a antiga estrada de ferro funilense, transportando sacas de açúcar mascavo, fardos de arroz e feijão, entre outros produtos.

No final de 2005, o prédio projetado pelo arquiteto Ramos de Azevedo foi totalmente renovado: a fachada foi pintada, o telhado foi reformado, os toldos dos boxes foram trocados e padronizados; o estacionamento passou a ser automatizado e ganhou novas vagas. O Mercado recebeu, também, nova comunicação visual, projeto paisagístico, processo de higienização, e recapeamento asfáltico. Hoje ele faz parte do roteiro turístico de Campinas, e foi eleito uma das Sete Maravilhas da cidade.

Fontes: Portal da Prefeitura de Campinas e Jornal O Correio Popular

quarta-feira, abril 09, 2008

Homemade Vanilla Extract - Parte 2

Como prometi, estou de volta com o resultado do extrato de baunilha caseiro que eu fiz em novembro do ano passado. Depois de quatro meses descansando e levando pelo menos uma "sacudida" por semana, o extrato está pronto para ser usado! Segundo as receitas que consultei para fazer meu extrato de baunilha, o ideal é decantar uma pequena quantidade do vidro grande para um recipiente menor. Então esperei as sementes de baunilha repousarem no fundo para depois encher um vidrinho pequeno com o perfumado líquido âmbar... Depois preenchi o vidro original com mais vodca e acrescentei mais uma fava. Com o passar do tempo, o extrato deverá ficar com a cor e o sabor cada vez mais pronunciados. Essências, nunca mais! ;o)

Para saber como fazer o seu próprio extrato de baunilha, clique aqui.

segunda-feira, abril 07, 2008

Aproveitando Melhor os Limões

Se você não precisar usar o suco de um limão inteiro, pode espremer apenas a quantidade que vai usar e depois guardar o restante para usar depois. É só fazer um furo com um palito de dentes (ou um garfo) e espremer o suco pelo orifício até obter a quantidade necessária. Depois, é só inserir novamente o palito (ou um pedaço dele) no orifício, colocar o limão em um saquinho e guardá-lo na geladeira!

Esta dica eu li na revista Woman's Day, mas depois achei este site em inglês, que fala *tudo* sobre limões! As fotos são desse mesmo site.

sábado, abril 05, 2008

Desafio e Prêmio

Antes de passar aqueles 20 dias afastada do blog, duas amigas queridas se lembraram de mim com muito carinho... A primeira foi a Drica, que me convidou para responder a um desafio, e aqui está ele:

Se eu fosse um mês seria... Fevereiro
Se eu fosse um dia da semana seria... segunda-feira
Se eu fosse um número seria... 1
Se eu fosse um planeta seria... Netuno
Se eu fosse uma direção seria... leste (rumo à praia!)
Se eu fosse um móvel seria... uma chaise longue
Se eu fosse um líquido seria... H2Oh! (estou viciada...)
Se eu fosse um pecado seria... gula
Se eu fosse uma pedra seria... diamante
Se eu fosse um metal seria... ouro
Se eu fosse uma árvore seria... um Ipê rosa

Se eu fosse uma fruta seria... um morango
Se eu fosse uma flor seria... um amor-perfeito
Se eu fosse um clima seria... temperado, mais para frio
Se eu fosse um instrumento musical seria... um violão
Se eu fosse um elemento seria... água
Se eu fosse uma cor seria... azul
Se eu fosse um animal seria... um gato
Se eu fosse um som seria... o barulho do mar
Se eu fosse uma letra de música seria... não sei!
Se eu fosse uma canção seria... "True", Spandau Ballet
Se eu fosse um estilo de musica seria... soft rock
Se eu fosse um perfume seria... 212, de Carolina Herrera
Se eu fosse um sentimento seria... otimismo

Se eu fosse um livro seria… um livro de culinária
Se eu fosse uma comida seria… comida americana!
Se eu fosse um lugar seria ... algum lugar com neve
Se eu fosse um gosto seria... doce
Se eu fosse um cheiro seria… o aroma de muffins assando
Se eu fosse uma palavra seria… sinceridade
Se eu fosse um verbo seria… festejar
Se eu fosse um objeto seria…. um telefone (adoro falar!)
Se eu fosse uma roupa seria… uma camisola ou pijama de algodão
Se eu fosse uma parte do corpo seria… os pés
Se eu fosse uma expressão seria… uma gargalhada
Se eu fosse um desenho animado seria… "O Crítico", da HBO
Se eu fosse um film
e seria… "Harry & Sally, Feitos Um Para o Outro"
Se eu fosse uma forma seria… o símbolo do infinito ∞
Se eu fosse uma estação seria… o inverno
Se eu fosse uma frase seria… "A vida é curta, por isso curta a vida!"

Foto: Gettyimages

E logo depois a querida Winnie me indicou a mais um prêmio! Ele tem o nome de um prêmio que já recebi, Arte Y Pico, mas como o selinho é diferente, imagino que seja outra versão... De qualquer maneira, muito obrigada pela indicação, Winnie! Fiquei muito feliz!

quinta-feira, abril 03, 2008

English Muffin Bread

Eu sempre faço english muffins no formato tradicional, e eles saem perfeitos todas as vezes, mas embora a máquina de pão faça metade do trabalho, a parte de abrir , cortar e "assar" os pãezinhos é um tanto demorada. Então, para ganhar tempo, decidi testar uma receita de English Muffin Bread, feito totalmente na máquina de pão. (A Claudia já havia feito este pão na máquina, usando uma receita da Cris que é feita à mão, por isso optei por testar uma receita feita especificamente para a máquina.) O resultado foi um pão muito gostoso, com a textura sequinha, bem parecida com a dos english muffins tradicionais. Eu ainda prefiro as fatias redondinhas, cobertas com fubá, do tamanho certinho de um ovo pochê... mas na hora da pressa, este pão é um ótimo quebra-galho!


Pão tipo English Muffin para Máquina de Pão

1 1/4 xícara de água

2 colheres (chá) de açúcar

1 colher (chá) de sal

1/4 colher (chá) de bicarbonato

3 xícaras de farinha de trigo

3 colheres (sopa) de leite em pó

2 colheres (chá) de fermento biológico seco

Coloque todos os ingredientes na ordem sugerida pelo fabricante de sua máquina de pão, e ligue no ciclo básico. Ao retirar o pão, a superfície pode ter "afundado" um pouco, mas isso é normal. Este pão é perfeito para fazer torradas e sanduíches!

terça-feira, abril 01, 2008

Artichoke-Stuffed New Potatoes


Há algumas semanas eu comprei uma lata de corações de alcachofra da marca francesa Casino, mas ainda não sabia o que iria fazer com eles. Na semana passada, no e-mail que sempre recebo da revista Better Homes & Gardens, recebi justamente esta receita de batatas recheadas com alcachofra! Então, para testar a receita, decidi fazer estas batatinhas como entrada para o nosso almoço de sábado. Meu marido e eu adoramos, e este aperitivo já está aprovado para ser servido em ocasiões especiais!

Batatinhas Recheadas com Alcachofra
16 batatas pequenas (entre 4cm e 5cm de diâmetro)
1 colher (sopa) de azeite
1 lata (400g) de corações de alcachofra, escorridos e picados
1/2 xícara de maionese light
1/4 xícara de queijo parmesão ralado fino
Uma pitada de pimenta vermelha em pó (usei calabresa)
1/4 de xícara de salsinha fresca picada
2 colheres (sopa) de casca de limão siciliano ralada
2 dentes de alho amassados







1. Pré-aqueça o forno a 220° C.
2. Corte 1/3 de uma das pontas de cada batata. Usando um boleador, retire o miolo das batatas até a metade. Corte uma fatia fina da base de cada batata, para que ela fique em pé. (Descarte os restos de batata, ou cozinhe para fazer salada de batata ou purê.) Pincele as batatas com o azeite, por dentro e por fora. Coloque-as em uma assadeira rasa e reserve.


3. Para o recheio, em uma tigela média misture os corações de alcachofra picados, a maionese, o parmesão e a pimenta. Coloque cerca de meia colher (sopa) do recheio dentro de cada batatinha.
4. Asse por 20 minutos ou até que as batatas estejam macias e o recheio esteja dourado. Enquanto isso, em uma tigela pequena, misture a salsinha, a casca de limão siciliano e o alho. Retire as batatas do forno, coloque pequenas porções da mistura sobre elas e sirva. Rende 16 aperitivos.
* Eu usei batatas do tipo bolinha, menores do que a receita pede, por isso a receita rendeu bem mais.
* Pode parecer trabalhoso retirar o miolinho de todas as batatas, mas com o boleador a tarefa foi muito fácil e rápida.
* Na próxima vez, vou assar as batatas sem o recheio durante 10 minutos primeiro. Achei que elas não ficaram macias como deveriam, mas o recheio já estava dourando demais!